Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida q. b.

A vida. Nem sempre escorreita mas também nem sempre difícil e onde sempre existe motivo para sorrir, mesmo que para disfarçar as lágrimas.

Vida q. b.

A vida. Nem sempre escorreita mas também nem sempre difícil e onde sempre existe motivo para sorrir, mesmo que para disfarçar as lágrimas.

23/09/16

A linha vermelha... é melhor ir lá explicar

Acabei de ler isto:

 

A linha vermelha do David Pontes no Jornal de Notícias.

 

David Pontes afirma, no seu artigo de Opinião, que "Há uma linha vermelha que os políticos não devem ultrapassar. É a linha a partir da qual eles estão a fazer de nós parvos, mas nós estamos a perceber. Um político inteligente percebe que este é o limite para a patranha. Mas nós vivemos tempos estranhos em que a relação, já não digo com a verdade, mas com a verosimilhança parece não importar aos atores da coisa pública. O que conta é a sensação, o sentimento. "Pode não ser verdade, mas é tão bem apanhado que nós vamos insistir um bocado para ver se pega".

Julgo que de fato ela existe mas com a frequência e anos que a vejo a ser sistematicamente ultrapassada por políticos tenho de procurar outra explicação que não a dos "tempos estranhos".

 

Relendo o que escreve talvez o problema esteja na exiguidade de número dos politicos inteligentes. Parece-me bem que a maioria dos que vejo e ouço desconhece mesmo a existência da Linha Vermelha que descreve.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.