Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida q. b.

A vida. Nem sempre escorreita mas também nem sempre difícil e onde sempre existe motivo para sorrir, mesmo que para disfarçar as lágrimas.

Vida q. b.

A vida. Nem sempre escorreita mas também nem sempre difícil e onde sempre existe motivo para sorrir, mesmo que para disfarçar as lágrimas.

19/12/17

Eu, ajudante voluntária de IPSS, me confesso

A IPSS com que colaboro é uma Associação sem qualquer carácter religioso no Interior, desertificado e envelhecido.

 

A Direção é eleita pela Assembleia e não recebe qualquer remuneração.

 

As contas são apresentadas anualmente em Assembleia, aprovadas após discussão e esclarecimento de dúvidas dos associados junto da Direção e do TOC e mediante o parecer favorável do Conselho Fiscal.

 

Após aprovação as contas são entregues à Segurança Social.

 

A IPSS recebe da Segurança Social um valor por cada cama, ou vaga, aprovada; número abaixo das realmente disponibilizadas pela IPSS.

 

O utente (idoso) que "apanha" uma destas vagas paga menos pelos cuidados/serviços que lhe são prestados; os outros pagam o determinado pela IPSS sempre abaixo do limite máximo estabelecido pela Segurança Social no caso desta IPSS.

 

O idoso que não "apanha" uma dessas vagas é bem provável que não possa pagar pelos cuidados/serviços sem que os filhos paguem parte. Nem todos os filhos podem; nem todos os filhos querem; a dívida dos filhos para com a IPSS vai aumentando de ano para ano. A IPSS não expulsa o idoso, não abandona o idoso, é uma IPSS de caractér social e não cometeria uma desumanidade dessas.

 

Se essa IPSS não existisse, existiam 100 idosos sem condições para ficarem sós em casa e a necessitar de cuidados sem local para ficarem num sistema de há muito no limite e, numa realidade de crescente envelhecimento da população, a necessitar cada vez de mais IPSS's.

 

Existem pessoas desonestas? Sim, sempre existiram, sempre irão existir.

 

As pessoas honestas pagam pelas desonestidades das desonestas? Em regra sim, mas é profundamente errado que assim seja.

 

Eu não darei para o "peditório" de crucificação das IPSS's em geral e da Rarissimas em particular, da Segurança Social, do Ministro; darei sim para o "Peditório" de responsabilizar e fazer pagar quem foi desonesto.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.