Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida q. b.

A vida. Nem sempre escorreita mas também nem sempre difícil e onde sempre existe motivo para sorrir, mesmo que para disfarçar as lágrimas.

Vida q. b.

A vida. Nem sempre escorreita mas também nem sempre difícil e onde sempre existe motivo para sorrir, mesmo que para disfarçar as lágrimas.

19/10/16

Sereno Povo

Basta pouco tempo com rádio ou televisão ligada para surgir o assunto do momento, o Orçamento de Estado. Não vou aqui escrever que fazem mal, não fazem, antes pelo contrário fazem bem, é um documento importante e que tem implicações para todos nós.

 

Assisto até ao esforço que o jornalista faz para deixar claro que esta ou aquela medida têm implicações diretas para o espetador, esforço que nem sequer é sobre humano pois é tão claro que este documento é chave para todo o Portugal.

 

Mas não o sinto. Não sei se vocês o sentem mas eu não o sinto. É uma decisão "deles". É mais ou menos uma taxa ou imposto, é mais ou menos uma regra, a mim cabe-me pagar, cumprir, aguentar como sempre, como em todas as Leis, Decretos-lei, portarias que são publicadas todos os dias úteis no Diário da República. Tolas, estapafúrdias, justas, corretas, incorretas, a minha opinião para nada conta, a mim cabe-me pagar, cumprir, aguentar.

 

Virão muitos que dirão, Revolta-te. Mas também fazes parte do Sereno Povo que se cala e se limita a pagar, cumprir, aguentar como sempre.

 

Como pessoa que sempre se interessou por História sei que o “Sereno Povo” é dos poucos no Mundo que deu um tiro ao Rei para alterar o status quo, também sei que a última vez que a Assembleia se desconectou das reais necessidades do País Real o “Sereno Povo” facilitou uma Ditadura que lhe tolheu liberdades e progresso entre 1926 e 1974, Ditadura que poupou o “Sereno Povo” da Guerra mas não da Fome, enquanto os Cofres do Banco de Portugal enchiam como nunca se tinha visto desde os Descobrimentos e não se viu nunca mais.

 

Estou plenamente consciente dos riscos da Revolta do “Sereno Povo”. Estarão os nossos políticos?

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.